Fechar Menu

O dia da mulher é o dia da professora

23 | 03 | 2017
Fala Diretora
0 comentários

549 visualizações

O dia da mulher é o dia da professora

Que me perdoem os homens, mas mulher é sinônimo de professor. Não é?
Ser professor é ter dentro de si o carinho profundo pelo ser humano e tratá-lo de tal forma como se tivesse sido gerado dentro de suas próprias entranhas. Coisa de mulher!
É ter vontade de ensinar não só o que se encontra nos livros, mas pincipalmente o que está nas entrelinhas: o respeito, a humildade, a delicadeza no trato, a escolha das palavras adequadas, o agir, o julgar e tantos outros ensinamentos que somente um professor comprometido com a vida e com a humanidade pode compartilhar.
Conheci tantas mulheres que abraçaram a profissão como segunda pele e fizeram a diferença na vida de centenas de pessoas! Abençoadas!
Tinha aquela que mandava fazer os melhores vestidos, se penteava e se perfumava para dar aula aos meninos pobres da periferia. Beijava, abraçava e cheirava o cangote de todos. Dizia que eles tinham que ter uma professora que se arrumasse para eles, a fim de que tivessem um parâmetro de elegância e bom gosto.
Tinha aquela (ou a mesma) que trazia mimos para dar aos pequenos que sentados em seu colo, na mesa do professor, arriscavam a leitura de frases inteiras e eram saudados com gritinhos de alegria da professora! Toma lá esse docinho, Armandinho! Parabéns, você leu muito bem!
Tinha aquela outra (ou então a mesma) que carregava seus alunos de primeiro ano no colo. Trazia-os apertados ao peito sob os olhares incrédulos das colegas: Você vai arrumar problema na coluna, carregando esse garoto no colo e de salto alto!
Resposta: Ele precisa de carinho, de aconchego, pois sua mãe o abandonou aos cuidados da avó. Pobrezinho! Um ano de afeto sincero vai ser bom para ele!
Tiveram e têm tantas! Abençoadas professoras, que deixam um toque de mulher, uma marca indelével na sua passagem pela existência da meninada!
Como foi bom tê-las conhecido! Como foi bom ter trabalhado ao lado dessas musas!
Aprendizado rico e impagável!
Fazer bem um trabalho é bom, mas fazer além de bem e mais do que se espera é supremo!
Nosso mestre Paulo Freire se referia ao bando de professores nos auditórios sempre pelo feminino. Dizia professoras e nem pedia desculpa para os rapazes.
Lembrei de escrever essas palavras na semana em que se homenageiam as mulheres. Parabéns às mães, irmãs, tias, avós, madrinhas, amigas, cunhadas, sobrinhas, primas, namoradas, noivas, esposas: todas elas professoras, pois Deus lhes dá o dom dor amor que ensina e educa.

Sonia Regina P. G. Pinheiro