Fechar Menu

O que os votos de Boas Festas trazem consigo ano após ano?

0 comentários

641 visualizações

O que os votos de Boas Festas trazem consigo ano após ano?

Boa pergunta com excelentes respostas: trazem esperança. É bonito de se ver as pessoas se cumprimentando, se abraçando e desejando votos e mais votos para o ano que se inicia.
Muitos ficam de soslaio, dizendo que é hipocrisia essa atitude, por que isso ou aquilo. Como diria Fernando Pessoa, estou farta dessa turma! Ô gente sem graça! XÔ!
Por mais pessimista que seja uma criatura, dentro dela na chegada de novos 365 dias, há uma sensação que mistura curiosidade e esperança. O que estará por vir? Seremos felizes? Teremos sorte? Conseguiremos atingir objetivos?
Pensa a Maria: nesse ano vou emagrecer! Tenho fé!
Pensa a Fernanda: nesse ano vou conhecer meu príncipe encantado!
Pensa a Joana: nesse ano eu me caso!
Pensa a Cristina: nesse ano eu engravido!
Mulheres e esperança são parceiras inseparáveis!
Que sonham os homens para 2016? Não sei! No entanto ao que ando sondando, todos têm seus motores aquecendo para que tudo transcorra de forma a conquistar metas. Homens e conquistas também são companheiros inseparáveis!
Nosso país passa por um tsunami inquestionável. Incertezas para todo o lado! Na maré dos pessimistas de plantão, estamos à deriva, sem porto seguro, sem praia para ancorar. Será?
Eu costumo me definir como uma otimista juramentada e sempre com nível de esperança batendo no teto. Os educadores têm o dever de levantar sempre a bola e não deixar a peteca cair! Nunca!
Com essa atitude tenho enfrentado muitas lutas e é sempre: ”Vitória na Guerra”!
Não há como não ter esperança quando trabalhamos com crianças e jovens, porque eles são a expressão literal de sementes para boa colheita.
A educação é a seara da esperança. É onde plantamos com os olhos espichados em direção ao futuro. É onde sonhamos com dias melhores, com sociedade melhor, com país melhor e pessoas comprometidas umas com as outras. É onde podemos ensinar que respeito é um enorme guarda-chuva em cujas pontas se alojam todos os outros valores dos quais necessitamos para uma vida digna e plena.
Sendo assim, afiemos as garras para pegar com unhas e dentes todas as chances que tivermos no sentido de oferecer aos nossos meninos as condições de ensino e aprendizado que merecem e pelas quais anseiam seus familiares.
Feliz 2016 para todos com enormes possibilidades de concretização de desejos, objetivos e metas!

Drª Sonia Regina P. G. Pinheiro