Felicidade se ensina nas escolas?

Fala Diretora

Quem já viveu um bocado, sabe que a vida vale pelo sentido que tem para cada um de nós.
O conceito de felicidade é fluido e mutável. Um homem há cem anos atrás tinha uma ideia de felicidade muito diferente da nossa, com toda certeza.
Hoje, me preocupo com a felicidade dos jovens. Aliás sempre me preocupei com isso. A criança deve ser feliz e o jovem também, pois assim, no meu entender, carregarão essa semente bendita para a vida adulta e para a velhice.
Temos visto cada vez mais jovens sem objetivo, sem rumo, sem felicidade e essa é uma situação problemática que aflige as famílias e, por conseguinte as escolas.
Como poderíamos ajudar os alunos a ser felizes?
Lembro-me claramente de uma das falas do querido educador Paulo Freire: a escola deve ser um lugar feliz. Gritos de alegria são música clássica para os bons educadores.
Uma escola feliz deve ser o sonho e a meta dos gestores e dos professores, pois será o local que propiciará durantes algumas horas, momentos de felicidade para a turma.
Os pequeninos, em sua maioria, adoram vir para a escola, porque sabem que lá estarão os amiguinhos e muitas coisas boas os aguardam. Conforme vão crescendo o sentimento de felicidade por estar na escola começa a diminuir e quando já estão no final do ensino médio, fazem estilo faculdade: às sextas-feiras faltam, chegam mais tardem, querem sair mais cedo e se puderem fugir, pernas para que te quero!
Em que espelho se escondeu a alegria de estar na escola dos garotos?
Um grande desafio, diria enorme, é trazer nossos alunos cada vez mais perto de nós, ouvi-los, tentar entende-los. Será que ensino médio integral fará esse papel? Duvido!
Quando os meninos se sentem acolhidos, quando as atividades são significativas, quando sabem que nos importamos com eles e com suas necessidades, ficam mais leves e passam a gostar de estar no colégio, porque lá se ensina sim a felicidade.
E o que é essa tal felicidade que tantos filósofos tentam definir? Dinheiro e sucesso são centelhas de alegria que não suportam a carga. Tem bateria fraca. A felicidade é uma semente que colocamos dentro do nosso âmago, a qual temos que regar continuamente.
A escola é sem dúvida, ao lado da família presente, a terra fértil com todos os nutrientes para ensinar a meninada a ser feliz.
Se sou sonhadora? Muito!

Sonia Regina P. G. Pinheiro

Comentários

Carregando...