Fechar Menu

Leio, falo, escrevo, penso, então existo de fato!

02 | 10 | 2015
Fala Diretora
0 comentários

646 visualizações

Leio, falo, escrevo, penso, então existo de fato!

A linguagem organiza o pensamento, segundo Vygotsky.
Será por isso que nosso povo tem tanta dificuldade em pensar ou melhor, não organiza o pensamento, não raciocina como deveria? Só pode!
Então, partimos do princípio que devemos cultivar a linguagem, para que possamos ser pessoas que tenham condições de pensar a vida de forma organizada e viver melhor.
Isso, de certa maneira, deveria começar em casa, com a família usando o português o mais correto possível para que as crianças tivessem uma boa referência de linguagem.
Além da fala, também a leitura de jornais, revistas e livros dá exemplo excelente para a criançada acreditar que, se papai e mamãe leem, vou ler também. Ações valem mais do que palavras!
Na escola, então é primordial que professores falem bem e exijam que seus meninos também assim procedam; os alunos devem ter claro as variáveis linguísticas que são aplicadas de acordo com quem falam. Falar com os amigos, de uma forma, com outras pessoas, de outra forma.
Investir muito na leitura de livros, revistas e jornais com a molecada é poupança real. Os meninos irão escrever melhor, falar melhor, conhecer melhor e sobretudo começar a exercitar a faculdade infinitamente sublime do pensamento.
Ando muito aborrecida com o empobrecimento da linguagem em todas as esferas de nossa vida! As músicas atuais são pobres em todo sentido! Não só de palavras, mas de conteúdo! Já escutei música com apenas uma frase! E que frase! Deus pai!
Nossos governantes dão testemunho de pobreza mental extrema com suas falas vazias. Nem mesmo se esforçam para se expressar melhor! Claro, para quem não leu nunca um livro inteiro na vida, faltam palavras e vergonha na cara!
Quando nos deparamos com uma pessoa que fala bem, veja só, não necessariamente utilizando palavras rebuscadas, mas falando com clareza, prestamos atenção a cada palavra e entendemos bem! Eureca!
Falo aos alunos que cultivem a linguagem e que apostem na leitura. É uma luta! Uma batalha diária, pois infelizmente eles vivem sendo metralhados por todos os lados com muita imbecilidade e cultura do inútil. Chego a dizer aos pequenos que a leitura faz mágica e que de repente usamos frases que estavam guardadas na nossa mente e pulam no papel ou em nossas bocas. Os pequenos sempre ouvem, mas crescem…
Gostamos de falar de outros países e de como as coisas funcionam por lá. Pode apostar que onde há gente vivendo mais feliz, o povo é mais culto, lê mais e organiza seu pensamento de tal forma a não aceitar tudo o que lhe é imposto goela abaixo!