O mês de outubro sempre me trouxe alegrias incontáveis!

Fala Diretora

Desde meus primeiros tempos de professora no Grajaú, quando o verde dominava toda vista da estrada e as casinhas humildes surgiam tímidas ao longe, eu ficava ansiosa pelo dia do professor.
Começava na noite anterior. Parece conto da carochinha, mas invariavelmente eu sonhava com o que poderia acontecer no dia seguinte. Teve até uma noite que sonhei estar dando aula no céu e ensinando aos anjos a palavra ”beligerante”.
Coisa de professora muito maluquinha!
Naquele tempo que já vai muito longe, os presentes eram muito diferentes dos de hoje: latas de goiabada, sabonete Lux, lata de talco, dúzia de ovos, sacola de abacates, sacola de chuchu e até galinha viva!
Os meninos vinham com os olhos brilhando de emoção, sem tirar o olhar do meu rosto. Quando eu recebia os presentes, sorria e agradecia. Saiam pulando felizes.
Era tanto bilhetinho! Alguns dos bilhetinhos eram tristonhas desculpas por não ter como trazer um presente. Outros eram declarações de amor ou de agradecimento. Eram elogios. Tudo muito lindo, poético e doce.
Era uma competição entre as crianças: quem não trazia presente fazia cartinha. Todos ficavam se gabando do que tinham trazido para a professora. Turminhas carinhosas inesquecíveis!
Tinham pouco, porém adoravam mimar os professores!
Hoje, nossos professores continuam adorando o dia 15 de outubro. Vi dezenas de posts no Face book, com foto dos inúmeros mimos e cartinhas que ganharam. Professores muito felizes!
Muito gratificante saber que somos queridos e reconhecidos.
Os garotos sabem muito bem quem se dedica por eles e não poupam carinho.
Pergunte aos alunos o que eles pensam de seus professores.
A maioria vai se derramar em elogios: Ele é muito amigo! Ela explica muito bem! Ela é super carinhosa! Ele sabe muito bem a matéria! Ele se preocupa se não estou entendendo! Ela explica quantas vezes forem preciso! Ele sempre pergunta de meu avô que está doente! Ela sempre sorri quando me vê no corredor. Ele é o máximo! Nunca tive um professor de Geografia assim! Ela chama todos os alunos pelo nome desde os primeiros dias de aula! Ele para a aula toda vez que pode para nos aconselhar e nos indicar o melhor caminho a seguir. Ela se interessa por nós!
Bendita profissão que perpassa todas as outras!
Muitas profissões deixam de existir, e muitas deixarão em breve tempo, no entanto o professor será sempre necessário.
Nenhuma máquina pode compartilhar conhecimentos com troca de olhar, com calor humano, com preocupação, com desvelo, com atenção aos detalhes…
Que todos os professores sejam sempre louvados. Deles é certamente o reino dos Céus!

Sonia Regina P. G. Pinheiro

Comentários

Carregando...