Fechar Menu

Vote em mim. Educação de qualidade no meu governo!

25 | 10 | 2018
Fala Diretora
0 comentários

554 visualizações

Vote em mim. Educação de qualidade no meu governo!

Prestando atenção nas propostas dos candidatos aos cargos políticos nessa eleição de 2018, percebo que quase a totalidade delas se apoia em melhorar a educação do país. Espertos!
Os candidatos falam o que o povo quer ouvir. Então tem aquele que diz que vai dobrar o piso salarial dos professores. Só que ele se esqueceu de dizer de onde irá tirar fundos para tal.
Tem aquele outro que diz que vai implantar ensino integral desde a educação infantil até o médio! Outro diz que nenhuma criança ficará fora da escola no seu governo. Será?
Um deles, mais ousado, diz que vai fazer uma poupança para o aluno e que quando esse aluno terminar os estudos terá uma bela quantia à sua disposição.
São tantas ofertas nessas propostas que os eleitores ficam em dúvida qual candidato irão escolher. Dilema!
Por que essa turma fala tanto em educação? Porque dá samba, como diriam os antigos. Esse é um tema que está na boca do povo. Sem educação de qualidade não se constrói um país. Isso é notório!
No entanto basta essa turma ganhar nas urnas para que as promessas se esvaiam pelo ralo da falta de palavra e de compromisso.
Sai Pedro, entra João, nada muda. Vivo essa novela indigna há quase meio século.
Se os governantes quisessem realmente promover uma educação que pudesse nos tirar do vexatório lugar que ocupamos no ranking de qualidade de educação do mundo, teriam como fazê-lo. Porém, nada melhor do que um povo analfabeto funcional para poder manobra-lo com facilidade. Não é?
Os recursos destinados para a educação, até onde estou informada, não são tão escassos assim. O que acontece é que vão se perdendo pelo caminho, como se estivessem sendo carregados num saco furado, Safadeza total!
Pior é que sabemos que enquanto não melhorar a educação do país, não poderemos vislumbrar realmente uma luz no fim do túnel. Dessa forma, estamos presos por ter cão ou presos por não ter cão. Que pena!
Esperança é uma palavra doce, mas que atualmente brota na alma dos ingênuos, dos sonhadores ou daqueles que vivem com os olhos no horizonte à procura de um raio de luz.
Quando teremos realmente um governante que olhe para a educação de modo sério e tenha competência para colocar nosso país no lugar em que nossa gente merece?

Sonia Regina P. G. Pinheiro

Deixe seu comentário