O que te inspira? Quem te inspira?

Fala Diretora

Dizem que a vida é feita de inspiração e transpiração.
Por trás de realizações, de sonhos concretizados, de sucesso, se formos cavoucar, nem precisa ser profundamente, haverá uma inspiração.
Essa inspiração pode vir de repente, ou pode ser inculcada às gotinhas.
Nós educadores somos responsáveis por muita inspiração! Nossos alunos nos medem, nos respiram e nos têm em alta conta. Somos referência!
Perdi o número de alunos que tive e que disseram que quiseram ser professores de inglês ou de português por minha causa! Baita responsabilidade! Meu Deus!
Eu não sou a única! Meus colegas, nesse tempo todo em que estou na educação, vivem me relatando que alguns alunos decidiram ser professores da mesma disciplina que eles e por causa deles.
Somos modelo. Essa é uma verdade inconteste. Por essa razão devemos manter em alta nossa postura para que esse modelo seja edificante.
Numa atividade da escola recentemente, os alunos foram perguntados para se manifestarem oralmente, respondendo: quem te inspira?
Ficamos surpresos com as respostas. Muito choro. Muitas lágrimas. Filhos relatando o quanto seu pai o inspira, pelo caráter, pela força de vontade, pelo zelo para com a família, pela entrega, pela força de trabalho, enfim, vimos também o professor chorar emocionado com esses relatos. Ele também lembrou do velho pai!
Meninas dizendo que as mães as inspiram pela dedicação à família, pelos cuidados e preocupações com os filhos, pelo carinho, pela colaboração nas atividades delas sejam na escola ou em outras esferas.
Assim marcha a humanidade, formada, reformada e concretada nas inspirações que impulsionam pessoas a realizarem e a se realizarem.
Sendo assim, temos uma medida exata do valor da família e da escola na formação do caráter e da personalidade do indivíduo, prospectando-o para uma vida feliz e próspera ou pelo menos, para escolhas conscientes!
Imbuídos dessa máxima, somos vestidos de muita responsabilidade, escola e família, que irmanados devem lutar para servir de boa inspiração para nossos queridos filhos e alunos.
Há quem duvide, quem jogue a toalha ou olhe de soslaio para o irmanar entre escola e família visando e gerando o bem dos nossos garotos. Esses, realmente sabem de nada, inocentes!

Sonia Regina P. G. Pinheiro

Comentários

Carregando...